<

Palestra Pública (Domingueira): 1983-2003


1. O COMEÇO DO COMEÇO

Entre 1981 e 1982, a Diretoria do C. E. I., atendendo à solicitação do Departamento Federativo (hoje Área Federativa), da Federação Espírita do Estado de São Paulo, começou a programar palestras com os expositores indicados por aquela Entidade. As palestras eram marcadas, esporadicamente, e sempre aos domingos, às 15h.

2. O INÍCIO PROPRIAMENTE DITO

Em 1982, numa reunião da Diretoria Executiva, o Sr. Augusto da Silva Cayres, 1.º Secretário, sugeriu fixar-se um dia da semana para a realização dessa atividade. Como todos os dias da semana estavam ocupados, optou-se pelo domingo, das 19:30 às 21h. Assim sendo, no dia 29/05/1983, a companheira Nadir de Melo, da Sociedade Espírita José Menezes de Alencar, abriu o nosso ciclo de palestras com o tema Tóxicos, falando para mais de 50 pessoas. 

3. ESTATÍSTICA DE PÚBLICO E DE TEMAS

Durante esses 20 anos, a freqüência média por domingo foi de 40 pessoas. O número médio de palestras, num ano, aproxima-se também de 40, pois há domingos reservados às festividades do C.E.I., como Festa Junina, Aniversário, Gincana e outros, além do período de férias do final do ano. 

As contas: multiplicando-se 40 palestras/ano por 20 anos, teríamos 800 palestras em 20 anos. Multiplicando-se 800 palestras em 20 anos pela média de 40 pessoas por domingo, teríamos o total de 32.000 presenças nesse período.  

Os temas que mais se repetiram foram: Família, Reencarnação, Mediunidade e Obsessão. 

4. A DIREÇÃO DO TRABALHO

O Sr. Augusto da Silva Cayres, idealizador da tarefa, foi o primeiro Dirigente,  permanecendo no posto por uns 6 meses; depois, o Sr. Salvador Mahmud prosseguiu  por mais 3 meses. A partir daí, o Sr. De Laurêntis assumiu definitivamente a Direção, e continua até hoje. 

5. A DIRETORIA EXECUTIVA AGRADECE

O Sr. José Antenor Gomes Filho, Presidente do C.E.I., agradece a todos quantos puderam contribuir para a realização dessa tarefa de divulgação dos princípios doutrinários, especialmente os expositores de outros Centros Espíritas, que se deslocam de lugares bem distantes, para nos agraciar com os seus ensinamentos.  

São Paulo, 29 de maio de 2003.

Copyright © 2010: Centro Espírita Ismael
Av. Henri Janor, 141 São Paulo, Capital