Vantagens de se Falar em Público

1) Projeta a Personalidade

Ao nos colocarmos diante do público, favorável ou não, estaremos expondo o nosso pensamento, a nossa maneira de ser e o nosso modo de interpretar as coisas, ou seja, o nosso caráter e a nossa personalidade.

2) Propicia a Auto-Estima

Conforme formos desenvolvendo um tema, tratando de uma determinada questão e prestando esclarecimentos sobre um assunto qualquer, vamos também ajudando a nossa auto-estima, porque cada um de nós influencia o outro e é influenciado pelo outro.

3) Fortalece a Imagem Pessoal

Proferindo palavras convincentes, vamos criando uma imagem pessoal positiva na cabeça dos ouvintes. Para fortalecê-la ainda mais, utilizemos a reflexão e o feedback, ferramentas valiosas para corrigir os erros e ratificar os acertos.

4) Desenvolve o Raciocínio Lógico

Nada mais valioso do que a coerência dos raciocínios. Tratemos da verdade dos fatos e não do esforço para demonstrar que estamos certos. Sejamos claros, objetivos e sintéticos; as muitas palavras podem distorcer a compreensão do que queremos expor.

5) Estimula a Argumentação Criativa

Há uma grande diferença entre discussão e argumentação. A argumentação busca a verdade dos fatos; a discussão procura extravasar opiniões, ideologias e preconceitos. Quem argumenta com fatos, conquista confiança na exposição. À primeira vista, pode até ser incompreendido; depois, porém, o público reflete e adere à ideia emitida.

6) Contribui para a Disciplina Mental

Quando nos propomos a expor, somos obrigados a pensar profundamente no tema escolhido. Temos que encontrar a ideia central, os tópicos a serem desenvolvidos e a formar um elo de ligação entre eles. Nesse caso, o discurso em público é sumamente superior à simples conversação.

7) Constitui um Poderoso Instrumento de Persuasão

A persuasão é a arte de "captar as mentes dos seres humanos através das palavras". De posse de uma verdade, queremos transmiti-la aos outros seres humanos. Para isso, valemo-nos da persuasão, no sentido de querer que o outro participe de nossa descoberta interior.

8) Intensifica o Autoconhecimento

Para falarmos aos outros, temos que pensar primeiramente em nós mesmos. Muito se fala que quando apontamos um dedo para o próximo, há três apontando para nós. Na época da codificação da Doutrina Espírita, não foram as pessoas mais moralizadas que saíram para pregar o Espiritismo, mas as mais cultas, porque falando ao outros poderiam corrigir a si mesmas.

9) Gera Cooperação

A palavra tem uma força extraordinária: quando dita por um homem de prestigio, soa como uma ordem. Façamos com que as palavras saídas de nossa boca sejam de paz, harmonia, concórdia e progresso da humanidade.

(Org. por Sérgio Biagi Gregório)

Dez/2009

 

Copyright © 2010: Centro Espírita Ismael
Blog Facebook Twitter