Estrutura e Funcionamento: Fluxograma e Organograma

Para que um Centro Espírita funcione, necessitamos de uma estrutura física (para reunião de seus freqüentadores), de uma estrutura legal e de uma estrutura espiritual.

Estrutura física: corresponde à localização, à construção do prédio, à disposição das cadeiras, à ventilação, à iluminação, às disponibilidades financeiras etc.

Estrutura legal: exigências da lei humana, a saber:

Estrutura espiritual: é a soma do fluxo energético dos Espíritos protetores, dos Diretores, dos Colaboradores, dos Freqüentadores e das suas respectivas companhias espirituais.

Fluxograma do CEI

Enquanto o organograma é o quadro geométrico representativo das unidades de uma organização ou serviço e indica os limites das atribuições de cada uma delas, o fluxograma é a representação gráfica de seqüência de operações. O nosso gráfico mostra que o indivíduo começaria pela Recepção e faria hipoteticamente todas as seqüências das setas indicativas.

RECEPÇÃO

É a porta de entrada de novos adeptos do Espiritismo. Para esta função, deve-se escolher pessoas que gostem de se relacionar com o público, pois a imagem do Centro consiste nas avaliações que cada um faz do lugar que está frequentando. Não nos esqueçamos de que o calor humano conta muito. Cuidar, assim, para que o freqüentador saia satisfeito e tenha uma boa impressão da Casa Espírita, a fim de retornar mais vezes.

ENTREVISTA

A entrevista é uma conversa que o Entrevistador mantém com as pessoas que procuram o Centro para se submeterem a um tratamento espiritual. Nessa conversa, procura-se detectar se o problema é mais material ou mais espiritual, encaminhando o entrevistado para a melhor assistência espiritual que ele necessita.

ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL

Consiste nos diversos tipos de Passes aplicados. O objetivo central é promover o equilíbrio material e espiritual das pessoas que procuram a Casa Espírita. Alguns Passes são indicados para a limpeza psíquica, outros para o refazimento do corpo físico e perispiritual, e, outros ainda, servem para eliminar o fluido negativo dos espíritos menos felizes.

CURSOS

Os Cursos numa Casa Espírita são de valor inestimável, pois como ninguém é bom juiz em causa própria, as sessões de estudo tomam caráter utilitário muito grande, porque, pela troca de informações, pelas questões que se suscitam, pelas discussões de idéias, vamo-nos conscientizando da humildade, fator principal contra a obsessão e a fascinação. O encadeamento dos assuntos, partindo do simples para o complexo, do conhecido para o desconhecido, proporciona grandes vantagens, principalmente quanto ao desenvolvimento integral do "SER".

O instrutor dos Cursos deve ser uma pessoa que tenha sempre em mente a exposição de idéias claras, no sentido de auxiliar o desenvolvimento de quantos estão momentaneamente sob sua direção. Nesse sentido, convém ser amante do conhecimento, não só espírita, mas de cultura geral, não se melindrar com críticas e observações acerca de sua exposição e, principalmente, dar abertura à inspiração do plano espiritual superior.

TAREFEIRO DA ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL

O Freqüentador do Centro, depois de passar por várias assistências espirituais, é convidado a se inscrever nos Cursos regulares, a fim de se tornar mais um tarefeiro. Estando em atividade nessa função, deve manter o padrão vibratório elevado, evitando rusgas e discussões, obedecer às orientações do dirigente espiritual e não se melindrar quando for chamado a atenção.

TAREFEIRO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

O tarefeiro da Assistência social é um tarefeiro muito especial, pois deverá estar em contato direto com as pessoas mais necessitadas de pão material. É imperioso que utilize a sua razão e não somente a sua emoção. O que importa é o crescimento espiritual de quantos nos batem a porta da Casa Espírita.

Organograma

organograma

Copyright © 2010: Centro Espírita Ismael
Blog Facebook Twitter